sábado, 16 de julho de 2011

Reticências

Como falar de um sentimento que nem mesmo sei qual é? Um sentimento recente, ainda nem amadureceu.
Quem foi que disse que para estar, não pode-se pronunciar DISTÂNCIA?
Às vezes não esperamos muito da pessoa, ela pode te surpreender.
Às vezes um carinho é o melhor dos presentes. Nessas vezes, até as diferenças são esquecidas.
Às vezes a distância pode unir. Se for verdadeiro, tem que ser pra sempre.
Sempre é um nada perto do que se quer. Se o sempre existir, por favor, fica comigo.
Um sentimento que não se sabe qual é, pode surgir fruto disso, de uma brincadeira qualquer. Quanto menos se espera, melhor é.
Tenha fé!

NAMASTÊ!

Nenhum comentário:

Postar um comentário